Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Campus realiza Semana da Consciência Negra
Início do conteúdo da página Notícias

Campus realiza Semana da Consciência Negra

Com o tema Afrovivências e Descolonialidades, evento é realizado entre os dias 23 e 25 de novembro, de forma online.
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 25/11/2020 12h02
  • última modificação 25/11/2020 12h02

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA), Campus São Luís – Centro Histórico, realiza entre os dias 23 e 25 de novembro a Semana da Consciência Negra, com o tema: Afrovivências e Descolonialidades. O evento é gratuito e realizado de forma online, no canal do YouTube do Campus. A semana conta com palestra, mesa redonda, minicurso, curso de formação e vários convidados. O evento é organizado e realizado pelo Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (NEABI) do Campus centro Histórico.

A Semana da Consciência Negra no Brasil se constitui como um momento de reflexão sobre as consequências sociais e culturais do processo de escravização da África Negra. Uma das organizadoras da semana, a professora Christiane Mota conta que “os movimentos negros brasileiros fazem alusão ao 20 de novembro como uma forma de lembrar da luta de Zumbi dos Palmares, Dandara e tantos outros, pela liberdade do povo negro no Brasil. Muito mais que um dia, o “Mês da Consciência Negra”, sem dúvida, tem se consolidado como um momento de debates, mesas, conferências, reuniões, seminários em que a história da África e a contribuição do povo africano para a fundação da sociedade brasileira, para a ciência, música, arte, religião, culinária, são expostas. Essa é uma forma de combate ao racismo estrutural na sociedade brasileira. Além disso, os Neabi’s, há anos, promovem a Semana da Consciência Negra como forma de informar e debater nos âmbitos institucional e acadêmico do IFMA, sobre aspectos previstos na lei 10.639/03″, explica.

Dentro da programação, destacou-se o Curso de Formação para servidores e alunos “Literatura negro-brasileira de autoria feminina e pensamento decolonial”, ministrado por Fernanda Martins (IFMA Campus centro Histórico), e o minicurso “História e Cultura Angolana”, com o professor africano de Angola, Osmilde Miranda. (UFMA). A programação do evento segue na tarde desta quarta-feira (25), com a mesa redonda “religiões de matriz africana no Maranhão: afrovivências e cuidados em tempos de pandemia”. Acesse o canal e participe!

 

Fim do conteúdo da página